site logo
 

PUBLICIDADE

img

Entrevista: Michel Teló fala sobre 'Bem Sertanejo, O Musical'0 comentário

Entrevista

Publicado em 15/12/2017 00:29

Michel Teló
 

Foto: Iris Alves

 

Michel Teló estará em Goiânia com o "Bem Sertanejo, O Musical", de sábado (16) a segunda-feira (18), no teatro do Centro de Convenções da PUC. No dia 16 (sábado), as sessões serão às 17h e às 21h30. No dia 17 (domingo), às 16h e às 20h30. No dia 18 (segunda), às 20h30. Os ingressos custam a partir de R$ 60,00, dependendo do lugar escolhido. Eles podem ser comprados na Fnac ou pelo site Site Ingresso Rápido. Clique aqui para saber mais sobre o espetáculo. Conversamos por e-mail com o Michel Teló sobre o espetáculo, sobre o The Voice e sobre a sua agenda. Confira!

 

O Estado de Goiás sempre foi destaque na música sertaneja. Como serão mostrados os talentos da região no musical?

 

Desde a primeira temporada do musical, estavam me perguntando quando a gente iria para Goiás. E quando decidimos que teria a segunda temporada, eu pedi que incluíssemos Goiânia. A montagem contempla toda a história da música sertaneja, desde sua origem caipira no século 17 até os dias de hoje. Claro que os talentos da região fazem parte dessa história. Mais que isso, eles são parte fundamental da história do gênero.

 

O espetáculo é a sua primeira experiência como ator. Conte pra gente como foi a sua preparação e como tem sido a oportunidade.

 

Pra mim foi um desafio muito grande. São muitos elementos para conciliar, o texto, a coreografia, as marcações, o timing de cada cena e as músicas, mesmo que essa última parte seja mais fácil pra mim (risos).

 

No teatro é muito diferente da minha realidade. Pro meu show, a gente faz um roteiro, mas eu tenho liberdade para fazer o que eu quiser. No musical tudo é programado, cada respiração. Mas eu tive muita ajuda da produção, dos outros atores, da direção e tem sido muito prazeroso estar no palco com esse musical.

 

Conduzir o quadro Bem Sertanejo no Fantástico te ajudou a ter uma visão mais completa sobre o cenário da música sertaneja no país?

 

Esse projeto sempre foi o meu sonho. A ideia inicial era um documentário mesmo, mas quando mostramos o projeto para a Globo e para a direção do Fantástico, eles abraçaram na hora. Eu queria contar a história da música sertaneja através de encontros com grandes artistas que construíram o que o sertanejo é hoje. Queria mostrar as referências que sempre tive, as mudanças pelas quais a música sertaneja passou e como ela soube acompanhar o mercado.

 

Como você faz para viajar com a turnê, cumprir a sua agenda de shows, participar do The Voice e ser um pai e marido presente em sua família?

A gente se organiza e dá tudo certinho. Claro que morro de saudades da minha turminha lá em casa, mas sempre que podem eles viajam comigo. O musical tem algumas cidades somente nessa segunda temporada e o The Voice tinha datas fixas de gravação e agora está ao vivo. Então, com jeitinho dá pra fazer tudo.

 

Por falar em The Voice, a final está se aproximando. Você está apostando em uma nova vitória?

Eu entro pelo jogo, pra competir. Mas quem não gosta de ganhar? (risos)

 

Gostaria de convidar os leitores do site Arroz de Fyesta para o espetáculo em Goiânia?

Claro. Alô pessoal de Goiânia, espero todos vocês no Teatro PUC. Tenho certeza que todos vão se divertir e se emocionar com a história que estamos contando no musical Bem Sertanejo.


Confira na íntegra




PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]