site logo
 

PUBLICIDADE

img

6 dicas de como cuidar do pet nos dias de muito calor0 comentário

Mundo Pet

Tamanho da fonte A A

Publicado em 16/01/2019 08:36

 

Como você faz para se refrescar nos dias quentes? Usa roupas leves e bebe muito líquido? Sabia que, assim como nós, os cães e gatos também precisam de cuidados especiais nos dias ensolarados? 

 

Cães e gatos, além da pelagem, que piora a sensação de calor; não possuem glândulas de suor, ou seja, eles não suam como as pessoas. O mecanismo da sudorese faz com que a temperatura do organismo diminua. Sem esse recurso, os animais ficam de boca aberta no calor, ofegando, isto é, fazendo com que o ar frio entre e resfrie seu corpo. Quanto mais ofegantes estão, mais calor estão sentindo.

 

Com essas 'desvantagens', dá para concluir que os animais podem passar maus momentos com o calor extremo. Porém, é possível auxiliá-los. A tosa é uma opção para aliviar os bichinhos do calor. “Os animais tendem a se lamber mais nessa época, por isso, a tosa é uma opção, além claro de refrescar o animal. Nesta hora é mais importante o bem-estar de seu animal do que a beleza.”, afirma a veterinária da Via Pet, Maria Paula.

 

Para garantir o bem-estar dos animais nos dias quentes, a veterinária separou mais algumas dicas:

 

 Hidrate seu pet: Mantenha seu bichinho hidratado durante todo o dia. Ofereça sempre água limpa e fresca, água gelada é ótima. Você também pode oferecer água de coco, especialmente se estiver gelada. Outra ideia é fazer picolés de frutas, como de melancia e melão. 

 

– Passeios com cuidado: Não passeie com o animal nos horários quentes do dia. Além do calor, ele pode queimar as patas no piso. Leve-o para a rua em momentos mais frescos (início da manhã e final da tarde) e ande em lugares sombreados. 

 

3 – Banhos: Aumentar a frequência dos banhos também é indicado, principalmente para animais de pelos mais longos. 

 

– Ventilação: É essencial para aumentar a eficiência do arquejamento. Em dias muito quentes, se for possível, ligue ventiladores em um local acessível ao cão, para que ele possa se refrescar.  

 

5 - Resfriamento por contato: existem no mercado alternativas de colchonetes de gel refrescantes. São produtos bastante práticos e bem confortáveis. 

 

– Sempre veja como o animal está: Em dias de calor extremo, é importante monitorar a situação do cão; ao perceber que ele está muito ofegante ou se comportando de maneira estranha, ligue para o veterinário.


 

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]