site logo
 

Entrevista: Ana Beatriz Torres0 comentário

Entrevista

Publicado em 12/02/2016 12:37

Ana Beatriz Torres, do The Voice Kids
 

Nathália Rodrigues

Ana Beatriz Torres tem 10 anos, está no 6º ano do Ensino Fundamental, mora em Goiânia e representa o Estado de Goiás no programa de televisão The Voice Kids. Ela foi selecionada para integrar o time da dupla Victor & Léo, após cantar “A Vizinha do Lado”, de Dorival Caymmi. Desde então, já tivemos a oportunidade de ouvir a cantora mirim se apresentar em Goiânia no Carnaval dos Amigos, no Mercatto; e no coquetel de lançamento do 1º CISBEI, no DitoBemDito. Sempre um show de simpatia e afinação! Neste domingo (14), começará a etapa de Batalhas do programa e aproveitamos a oportunidade para conversar por WhatsApp com a Ana Beatriz sobre o The Voice Kids e sobre a sua carreira. Aperte o play e confira!


Confira na íntegra




Como surgiu a ideia de fazer a inscrição para o The Voice Kids?

Eu fiz a minha inscrição pro The Voice Kids, na verdade, foi porque foi um dia que eu estava mexendo na Internet, aí eu vi que ia ter o The Voice Kids, mas eu ainda não sabia que ia abrir as inscrições. Aí eu fiquei super interessada, fuçando lá na Internet, pra ver que dia ia abrir as inscrições. Até que um dia, eu estava assistindo o programa da Fátima Bernardes e bem na hora a minha madrinha, irmã do meu pai, ligou pra minha mãe falando assim: "Corre lá e inscreve a Bia no The Voice Kids, porque ela vai passar, certeza! Vai, anda" e aí a gente foi e se inscreveu. Mas na verdade a maior inspiração foi a gente encontrou com o Brown no aeroporto de Nova York, quando ele disse pra mim que eu era um ser de luz e que era pra mim me inscrever no The Voice Kids 2016, né? Que a gente encontrou com ele em 2014, aí em 2015 abriram as inscrições, em março de 2015 que a gente se inscreveu. Aí ele disse que eu tinha muito talento e a gente ficou interessada, né? Poxa! E ele ainda ficou jurado e tal. Aí a gente foi e se inscreveu. Foi na verdade a maior inspiração.


O que ficou marcado em sua memória do dia da seleção?

O que ficou marcado na minha memória das épocas das seleções, na verdade eu tenho tudo guardado! Primeiro a inscrição. Depois em Brasília, eu lembro que eu estava no carro da minha mãe quando o meu pai ligou: "Ai, Ana Gabriela, vai, faz isso, faz isso, que a Ana Beatriz é a única que ainda não respondeu se vai". Aí essa foi a primeira vez. Então a gente foi, eu lembro que estava na época dos jogos internos da minha escola, aí eu tive que faltar aos últimos jogos internos da minha escola, mas aí eu fui e eu consegui! Eu lembro que eu fui muito bem! Eu lembro de tudo, está vendo? Aí eu lembro também que nas audições às cegas, eu lembro que quando eu fui subir no palco, eu respirava fundo e tremia assim! Meu coração batia! Mas na verdade, quando a gente está em cima daquele palco, parece que vem um vão na sua cabeça, você não lembra de nada. Mas agora eu lembro, depois que assisti à gravação. Porque realmente é tudo muito vermelho, assim, tudo muito louco, parece surreal!


Quando você começou a cantar? Além da escola, como é o seu dia a dia?

Desde muito pequena eu sempre gostei muito de cantar! Desde um ano e meio eu falava que eu queria ser uma "cantadora", quando eu crescesse. Como apareceu no "videozinho" que apareceu lá antes do programa. Aí eu sempre tive esse interesse pela música, eu sempre tive muito ritmo e eu era afinadinha! Eu tenho muito musicalidade e com um ano, dois anos de idade eu já cantava muita coisa em inglês, já tinha muito interesse dessas coisas, porque na verdade, de incentivo, da minha família eu sempre tive todo mundo, sempre me incentivou, a minha mãe, o meu pai. A minha mãe trabalha numa escola, ela tem uma escola de dança, então sempre teve contato com a música e com ritmo. Já meu pai é muito musical, ele ouve música só de alta qualidade, e meu padrinho também, meu "vô", todo mundo! Minha bisavó tocava sanfona. Mas ela ainda está viva! Então na verdade todo mundo tem um pouquinho da minha história na música, mas ninguém canta profissionalmente, entendeu? Por isso que sempre foi um susto, porque ninguém da minha família cantava. Então "ela vai cantar?", "de onda que surgiu isso?", né? Aí, desde pequenininha. Além da escola, meu dia a dia é muito corrido. Eu saio todo dia. Eu tenho um vídeo pra fazer, uma foto pra fazer. Tenho balé, música, piano, teatro, tudo que você possa imaginar! Instrumento. Meu dia a dia é super corrido, ainda tem que chegar em casa pra fazer tarefa de casa. E ainda mais no 6º ano, que agora tem 30 tarefas de casa por dia. Então, é mais ou menos isso, depois da escola, a minha mãe me busca na escola, a gente vem pra casa, almoça, aí vai pro balé, depois pra aula de música, depois pro tratamento, depois pro médico, depois pra fono, depois pro piano, depois pro violão, é meio louca a minha vida! Depois pra tirar foto, depois volta pra casa pra fazer tarefa de casa, lá pelas quatro, cinco horas da tarde. É, a minha vida é bem corrida!


O que os seus fãs podem esperar da sua próxima participação no programa?

Os meus fãs podem esperar da próxima fase uma apresentação linda! Não só minha, mas de quem apareceu comigo também, porque realmente foi muito, muito lindo todas as apresentações, inclusive a nossa, que eu e as meninas fizemos. Foi uma apresentação, uma música suave, que eu acho que vai fazer todo mundo chorar. Então as pessoas podem pegar o lencinho, porque tenho certeza, porque é uma música que toca o coração, uma música que faz chorar e de novo eu quero emocionar todo mundo! É isso que eles podem esperar, né?


Convide o leitor do site Arroz de Fyesta para torcer por você e assistir ao The Voice Kids

Oi, galerinha do site Arroz de Fyesta! Eu vim aqui convidar vocês a continuarem torcendo pra mim no The Voice Kids, porque tem muita coisa boa por aí que vocês vão ficar muito emocionados! Preparem-se, heim? Pega o lencinho, que todo mundo vai chorar! Então continua ligadinho nos meus vídeos e continuem me assistindo e torcendo bastante por mim! Eu conto com o voto de todos vocês! Um beijão!


PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]