site logo
 

PUBLICIDADE

img

Entrevista: Patrícia Finotti0 comentário

Entrevista

Publicado em 16/06/2014 20:57

-
 

-

Patrícia Finotti é esposa do Wagner, mãe do Rubens (5 anos) e da Olívia (3 meses). Formada em Jornalismo pela UFG- Universidade Federal de Goiás, trabalha como Assessora de Comunicação no Procon-Goiânia, dá aulas de inglês, é fotógrafa e correspondente do blog “Amandica Indica”. Com todas essas atividades, ela ainda encontra tempo para manter sempre atualizado o seu blog “Patrícia Finotti Opinião” (http://patriciafinottiopiniao.blogspot.com.br). O blog, inclusive, integra o maior portal de mães blogueiras do país, o “Minha Mãe que Disse”. Como se não bastasse, Patrícia ainda organiza em Goiânia os eventos "A Perfect Day by Amandica Indica” e “Mothern Day”, um encontro para mães modernas.

Há quanto tempo criou o blog? Como surgiu o projeto? Com o nascimento do meu primogênito, Rubens, algumas coisas mudaram em minha vida. Sendo uma pessoa muito intensa e “workaholic”, quando tive que ter aquele tempo para cuidar do meu bebê, a oportunidade de poder trabalhar em casa ao lado do meu filho foi muito angustiante. Eu precisava de algo para amenizar esse sentimento. A escola que tinha e sempre amei, tive que deixar. Até que cheguei a uma conclusão. Se no trabalho como Assessora de Imprensa eu podia publicar artigos semanalmente para meu assessorado, por que não poderia escrever para mim mesma? Assim, em 17 de junho de 2009, nasceu o Patricia Finotti Opinião – o blog da Mothern. Inicialmente, veio como uma brincadeira, meio que um desabafo, uma forma de compartilhar os meus sentimentos de mãe. O que foi extremamente dignificante para mim, pois acabei descobrindo que muitas mães passam por esse dilema. Não era somente eu. Descobri que nós mulheres, nesta nova etapa de vida, precisamos nos reinventar. No meu caso, a reinvenção veio com o blog. Já em abril de 2011, a paulista Amanda Accioli, considerada a quinta maior consultora de eventos do país, estava selecionando mulheres no Brasil e nos Estados Unidos para serem colunistas do blog Amandica Indica. Eu não sabia desta seleção e descobri quando recebi um e-mail da própria Amanda, me convidando para ser a sua primeira colunista, representando Goiás. Estreei no Amandica Indica com uma crônica sobre o casamento de uma amiga muito especial. Muita gente gostou e daí as coisas começaram a crescer mais ainda. Passei a cobrir eventos de noivas e aniversários aqui em Goiânia. Depois veio uma nova proposta e realizamos em Goiânia o primeiro “A Perfect Day by Amandica Indica”. Com tamanha repercussão e o incentivo da Amanda, o blog precisou ter uma cara mais profissional. Assim, em janeiro de 2012, com o apoio de Lucas Alfaix e Nathan Felipe, na época donos da Mixtoo Design, reformulamos o conceito e assim nasceu a nova cara do Opinião. Depois disso, realizamos quatro edições do evento do blog, o Mothern Day, que é o momento em que a leitora pode vivenciar tudo o que falamos no mundo virtual, com bate papo, degustação de pâtisserie e drinks, além de receber muitos mimos de nossos parceiros. Depois vieram convites para mediações em painéis e fóruns voltados para mulheres. Este ano completo 5 anos deste trabalho!

Quais são os principais desafios de ter um blog? Confesso que é um duo de tensão e prazer ao mesmo tempo. A aprendizagem é diária, bem como os desafios. O blog trouxe uma maior maturidade e serenidade. Aprendi a conhecer o meu potencial, conheci pessoas interessantes, superbacanas, que são amigas verdadeiras. Também percebi que tem muita gente querendo pegar carona no meu sucesso. Aí, realmente não dá!

No Facebook, você descreve o seu blog como o "blog da mãe moderna, que fala de tudo: mulher-informação-cultura-moda-entretenimento-viagem-comportamento-música-arte-cinema-beleza-trabalho-educação-saúde-filhos-gastronomia-televisão e mais um pouco". De todos os conteúdos e atividades relacionadas ao site, o que você mais gosta de fazer? Falar de cultura e solidariedade é muito prazeroso. Apresentar novos talentos, também gosto muito. Além, é claro, de realizar eventos. Ah, participar de Talk Shows e bazares é uma grande oportunidade para estar mais perto da minha leitora e conhecer os seus anseios. Também amo muito falar das viagens. Essas minhas predileções estão intimamente ligadas com o ambiente em que fui criada. São hábitos cultivados desde pequena pelos meus pais. Muita cultura, arte, filantropia. Meu avô paterno foi um grande filantropo aqui em Goiás. Já minha mãe estava sempre presente em ambientes culturais e cultivava o hábito de promover novos talentos. Era uma mulher “avant-garde”.

Como funciona o trabalho de correspondente para o Amandica Indica? Para o Amandica Indica escrevo sobre eventos relacionados a casamentos e festas que acontecem anualmente em Goiânia. Outros assuntos que estão dentro da pauta do blogsite da Amanda também têm destaque. Além, é claro, da cobertura dos eventos de nossos blogs.

Como você lida com o retorno dos leitores? O que eles mais costumam comentar ou pedir? É muito prazeroso este contato. Na maioria das vezes acontece através de mensagens oriundas das redes sociais. Mulheres e até homens de outros estados. Às vezes esqueço o alcance que a Internet tem. Tem um pai, que sempre manda mensagens agradecendo. Fala o quanto o que eu escrevo o incentiva a ter um dia melhor. Ultimamente, com a chegada de minha Olivia, não estou tendo muito tempo para textos próprios. Aí, o pessoal anda cobrando. Pedem principalmente sobre assuntos relacionados à maternidade e dicas de compras.

Você atualiza as redes sociais do blog com frequência. Você vê as redes como um complemento do blog? As redes sociais e o blog se complementam. Um pauta o outro. Procuro linkar ambas as mídias, para tirar o máximo proveito de cada uma.

Você é mãe do Rubens e da Olívia. A maternidade influencia o seu trabalho? Tudo o que faço hoje é pautado nos dois. Rubens me reinventou. Já a Olívia, trouxe a serenidade. Ambos estão sempre presentes em tudo o que faço. Sempre procuro realizar tudo com esmero e honestidade, para ser exemplo a eles. Hoje, a minha prioridade é deixar um bom legado, moral, intelectual e material, para os dois.

Você trabalha como assessora de imprensa, é professora, tem o blog e cuida da família. Como consegue conciliar todas as atividades e que dica você daria às mulheres que também exercem atividades múltiplas? São várias atividades e todas bem diferentes. Para conciliar tudo, tem que ter o apoio da família. Sem esse suporte, não damos conta. Graças a Deus, tenho uma família maravilhosa, que além de me apoiar, me admira. Em tudo o que penso em realizar, o meu marido Wagner, é o primeiro a animar. Independente se dará certo ou não. O Rubens elogia e tem o maior orgulho de todo o trabalho que faço. Às vezes é para ele quem pergunto a primeira opinião. Ele tem um senso estético apurado e apresenta ótimas sugestões para melhorar o que está sendo feito. Quando preciso sair para algum evento ou viagem, a minha sogra, a dona Rita, sempre se coloca à disposição em ajudar com as crianças. Ela ainda é uma das maiores divulgadoras de meu trabalho. Sinto que o orgulho que tenho em relação ao trabalho dela, também é recíproco. Outra pessoa que me ajuda bastante com a casa e os filhos, é a Cida, que sempre diz: “Pode ir, faz seu trabalho tranquila, que sua casa e os meninos estão bem cuidados”. Em relação ao blog, tenho o meu amigo Lucas Alfaix, que é webdesigner e também cuida do marketing. Conselheiro para todas as horas. E claro, os meus parceiros que ajudam tanto na divulgação e suporte do Patricia Finotti Opinião. Com a Assessoria de Comunicação, uma excelente equipe dá todo o respaldo para o meu trabalho. Agora confesso, gosto mesmo é de dar aulas. Hoje tenho um grupo seleto de alunos. Preparo os meus alunos não somente para a fluência no idioma Inglês, mas, também para serem grandes profissionais e principalmente pessoas dignas de sucesso. Preciso falar em outro ponto importante. Saber acreditar em si e posicionar esse potencial diante de todos. Lembro bem de ouvir isso de minha madrinha, Elvícia Finotti, e sempre penso o quão é importante ter este posicionamento quando sou convidada para mediações em painéis e fóruns voltados para mulheres.

Fotos: Marcos Cardoso



PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]