site logo
 

PUBLICIDADE

img

Veterinária dá dicas para pets durante férias de verão0 comentário

Mundo Pet

Tamanho da fonte A A

Publicado em 08/01/2021 02:02

 

Durante as férias de verão, lugares como hotéis, restaurantes, companhias aéreas e rodoviárias têm se organizado para receber cada vez mais gatos e cães. No entanto, antes de sair é importante se programar e pensar se o pet será parte dos planos ou não. A Dra. Priscila Rizelo, médica-veterinária e coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil, destaca pontos importantes a serem avaliados pelos tutores de pets, para que possam garantir o bem-estar e a saúde dos animais.

 

"Sabemos que durante o verão é comum que as pessoas estejam mais ativas para fazer determinados passeios na companhia da família e dos pets, porém, além do animal passar por um check-up veterinário, é importante que os tutores estejam atentos às exigências regulamentares para transportes terrestres e aéreos, e que o local escolhido não possua nenhuma espécie de parasita ou que o pet esteja protegido contra eles," explica a Dra. Priscila.

 

Confira as dicas da Médica-Veterinária para um período de férias e verão saudável ao lado do pet:

 

  • Busque não alterar a rotina do animal.
  • Caso o seu destino seja a praia, certifique-se dos cuidados especiais com parasitas. Lembre-se que em muitas praias a permanência de animais de estimação é proibida.
  • Mantenha sempre água limpa e fresca à disposição.
  • Fique atento ao piso quente, que pode queimar as patas. Também atente para a exposição excessiva ao sol, principalmente os gatos e cães de pelos longos e braquicefálicos, de focinhos achatados, como: Pug, Bulldog Inglês, Bulldog Francês, Boston Terrier, Pequinês, Boxer, Dogue de Bordeaux, Shih Tzu, Boston Terrier e Boxer.
  • Busque mantê-los em locais frescos, com sombra e vento para ajudar a controlar a temperatura corporal dos pets. Nessa época do ano, os pets tendem a preferir deitar-se em superfícies frias ao invés das caminhas de tecido mais quentes, porém as opções devem estar sempre disponíveis para escolha deles.
  • Espalhe potes com água pela casa e fontes de água corrente para os gatos.
  • Prefira alimentos úmido, que aumentam a quantidade de água ingerida pelos pets e auxiliam na sua hidratação.
  • Se viajar de carro, passeie com o animal antes de ele entrar no veículo para que ele faça suas necessidades.
  • Não é indicado que o animal seja alimentado antes das viagens e durante o trajeto, já que eles podem ficar enjoados.
  • Nunca deixe o pet solto dentro do carro. O recomendado é utilizar caixa de transporte adequada ou, para cães, cinto de segurança próprio.
  • Não permita que o animal coloque a cabeça para fora da janela, pois isso pode causar machucados no caso de impacto com insetos ou pedras.

 

Vale lembrar que o pet deve estar devidamente identificado com plaquinha na coleira ou microchip, além de estar em dia com vermifugação, vacinações, antipulgas/carrapatos.

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]