site logo
 

Goiás sedia pesquisa que pode mudar prevenção à Covid-190 comentário

Tecnologia

Tamanho da fonte A A

Publicado em 26/09/2021 14:48

 

A Faculdade da Polícia Militar (FPM), em parceria com a Radboud University Medical Center, hospital universitário afiliado à Radboud University Nijmegen da Holanda, estão realizando em Goiás uma pesquisa científica com o objetivo de verificar a eficácia da vacina de Influenza, usualmente usadas na prevenção à gripe, no treinamento de imunidade contra a Covid-19. O estudo, que é financiado pela instituição holandesa, tem liderança de especialistas de renome mundial em imunização, como o Doutor Mihai Netea e Doutor Leonardus A.B. Joosten. Os testes deverão contar com a participação de cerca de quatro (4) mil voluntários no Estado.

 

De acordo com o coronel da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) e coordenador da FPM, Sérgio Nascente, a pesquisa ampliou a participação de voluntários que já foram imunizados, total ou parcialmente, contra a Covid-19. Segundo ele, uma investigação científica desse porte deve se adaptar à realidade de avanço da vacinação contra o Coronavírus. “Está ampliado o acesso a mais pessoas que podem ser voluntárias neste projeto que pode ser referência em todo o mundo”, explica.

 

O projeto envolve a aplicação da vacina contra influenza em voluntários em perfeito estado de saúde, ou seja, é aplicada uma vacina já testada e usada amplamente pela população, comprovadamente sem qualquer efeito colateral. “O que vamos fazer é avaliar sua eficácia em outros vírus, principalmente a Covid-19”, ressalta coronel Nascente.

 

O estudo já detém autorização do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade da Polícia Militar (CEP/FPM), que é registrado e credenciado na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), vinculada ao Conselho Nacional de Saúde (CNS). Portanto, a ação científica é habilitada para realizar o acompanhamento das pesquisas que envolvem seres humanos.

 

Podem participar da pesquisa até quatro (4) mil voluntários. Serão aplicadas duas (2) mil doses da vacina Influenza. O outro grupo de dois (2) mil voluntários receberá uma vacina placebo —  um grupo que recebe uma vacina sem efeito para comparar com os resultados dos demais grupos, essencial para validar o estudo. Este formato é usado em todas as pesquisas científicas no mundo. Ao participar do estudo, o voluntário contribui para a descoberta de um novo caminho de prevenção e cura da Covid-19.

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]