site logo
 

PUBLICIDADE

img

Festival Internacional de Documentário é lançado com apoio da Lei Goyazes0 comentário

Vem Aí

Tamanho da fonte A A

Publicado em 22/07/2014 23:06


O Cine Cultura abre espaço nesta quarta-feira, 23, às 20 horas, para o lançamento do I Fronteira – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental. A iniciativa é realizada com o patrocínio do Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Lei Goyazes, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás). O evento tem entrada franca.

Na ocasião será divulgada a seleção oficial da mostra competitiva internacional, a programação das demais mostras e atividades do festival, além da exibição de dois curtas do cinema marginal brasileiro, realizados ao mesmo tempo em 1966, por Andrea Tonacci e Rogério Sganzerla, com debate após a sessão com convidados.

Dedicado a filmes experimentais e questionadores o I Fronteira nasceu da vontade de difundir a livre experiência no cinema. O objetivo é tornar palco de formação, reflexão e apreciação da produção de diferentes países, culturas e dimensões estéticas percebidas como “zonas de fronteira” da indústria cinematográfica e cultural. A programação do festival também inclui mostras especiais, workshop, residências, debates e sessões comentadas.
O festival recebeu para sua Mostra Competitiva Internacional, entre 8 de abril e 13 de junho, 767 filmes oriundos de 63 países. O evento será realizado de 30 de agosto e 7 de setembro em Goiânia.

A curadoria foi composta por Toni D’Angela, crítico de cinema, editor-chefe da revista italiana La Furia Umana – uma das mais importantes publicações sobre cinema do mundo – Marcelo Ribeiro, professor e crítico de cinema, editor do site Incinerrante, Marcela Borela, realizadora e produtora, Henrique Borela, antropólogo e realizador, e Rafael Parrode, crítico da Revista Cinética e programador.

Documentários- “Olho por Olho”, dirigido por Tonacci e montado por Sganzerla, e “Documentário”, dirigido por Rogério e fotografado por Andrea, são curtas de ficção que revelam percursos de personagens em trânsito pela cidade de São Paulo. Em chaves narrativas diferentes, ambos os filmes se valem de procedimentos documentais, dispositivos de busca e deslocamento bastante experimentais para a composição das cenas.
Logo após a sessão será realizada uma conversa com Marcelo Ribeiro, pesquisador e crítico de cinema (incinerrante), e Carlos Cipriano, realizador audiovisual e professor (IFG/ Cidade de Goiás).

Serviço:
Lançamento do I Fronteira - Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental
Data: Quarta-feira, 23 de julho – às 20h
Local: Cine Cultura – Praça Cívica – Centro – Goiânia – Goiás
Entrada Franca

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]