site logo
 

PUBLICIDADE

img

Georgiana Góes participa do Teatro em Casa com Sesc0 comentário

Vem Aí

Tamanho da fonte A A

Publicado em 14/09/2020 01:17

 

Na semana de 14 a 20 de setembro, o projeto Teatro em Casa com Sesc terá Georgiana Góes em solo sobre a despedida; Renato Livera em peça-palestra; Ana Kfouri com monólogo sobre a língua materna e Luiz Päetrow em espetáculo livremente inspirado em texto inédito de Antunes Filho. O projeto de Sesc São Paulo consiste na transmissão de diferentes trabalhos cênicos diretamente da casa dos artistas, sempre às segundas, quartas, sextas e domingos, às 21h30. A transmissão é realizada pelo Youtube e Instagram.

 

Abrindo a semana, na segunda-feira (14/9) Georgiana Góes apresentará "Pequenos e Grandes Gestos de Despedida". Escrita pela atriz e com direção de Luiz André Alvim, a peça traz no enredo uma mulher após o término de um relacionamento amoroso. As vivências e experiências da própria Georgiana se misturam a outras referências, como a obra da artista performática sérvia Marina Abramovic, e resultam no solo em que ficção e realidade se misturam.

 

Com idealização e atuação de Renato Livera, "Colônia" será apresentada na quarta-feira (16/9). O trabalho é resultado de um ano de processo de pesquisa junto ao diretor Viniciús Arneiro e o dramaturgo paulistano Gustavo Colombini. Pela primeira vez, o trabalho será apresentado na íntegra com transmissão ao vivo. No formato de peça-palestra, o espectador é convidado a acompanhar o desmembramento das acepções da palavra "colônia", presenciando um discurso nascido no espaço entre o conceito e a poesia. Dois fatos da história brasileira foram catalisadores da pesquisa: a herança colonial do Brasil e a história do Hospital Colônia de Barbacena (MG), hospício onde mais de 60 mil pessoas foram torturadas e mortas ao longo de décadas. Colônia foi eleita uma das três melhores peças do ano de 2018 na cidade de São Paulo pelo jornal Estado de S. Paulo, e indicada ao Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) de melhor dramaturgia.

 

Na sexta-feira (18/9), Ana Kfouri apresentará "Uma Frase Para Minha Mãe", texto do francês Christian Prigent com direção da própria atriz. O solo coloca em cena a experiência do despertar para a língua e para a literatura por meio da mobilização de sensações afetivas e corporais ligadas à figura da mãe e da relação com a língua materna. É também um convite ao público para, em tempos de pandemia e isolamento, conectar-se à força da palavra.

 

O inédito "Antunes Filho: Sodoma e Gomorra", concebido e dirigido por Luiz Päetow, será apresentado pela primeira vez no domingo (20/9). A montagem, que faria parte do 29º Festival de Curitiba em abril, cancelado em razão da pandemia, agora volta como uma ação do Festival em parceria com o #EmCasaComSesc. O espetáculo é construído a partir das pesquisas cênicas do diretor Antunes Filho (1929-2019), que por 37 anos comandou o Centro de Pesquisa Teatral (CPT), fundado em 1982. Päetow cria, a partir da obra inacabada, uma montagem que explora os alicerces da gramática teatral e une reflexão e catarse, em sintonia com os tempos pandêmicos atuais. A encenação contará com as participações virtuais de Matheus Nachtergaele, Grace Passô, Christian Malheiros, Nena Inoue, Jé Oliveira, Gabriela Flores, entre outras.

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]